UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Tuesday, August 21, 2007

Concervadorismo Lusitano (1 de 3)

( escrita em curso)
A
Concervadorismo e concervadores...assim somos nos portugueses, para o bem para o mal e para o ruin.. assim nascemos, vivemos e morremos, "concervadoramente". Mas sera que gostamos de o ser? pela minha parte, nao, e e para reflctir e analizar as varias faces e efeitos do concervadorismo portugues que focarei varios artigos sobre este tema que tanto parece explicar o Portugal do passado e do presente. Mas caso haja alguem que deseje estudar esta tematica mais afundo, isso sera muito bem vindo, se ainda alguem nao o fez.


E dificil achar um ponto por onde comecar esta reflecccao pois o concervadorismo, e seus pessimos efeitos, que existe em nos e esta em todo o lado no povo portugues e sua historia e ate mesmo alma. E tambem preciso dizer que nem tudo e ruin nesta forma de estar e ser, por sermos assim ainda hoje temos procisoes, festas que comemoram santos, rumarias, Fatima esta sempre cheia, continuam-se a comemorar friados de santos, etc.


Mas embora ainda tenhamos este respeito a Igreja somos uma nacao com ambicoes bem seculares como em toda a Europa, pois vivemos mais a maneira "americana" do a portuguesa pois ela parece garantirnos um futuro luminoso, queremos o modernismo mas a nossa alma colectiva vive no espaco eterio do passado.
E depois e curioso reparar que ha uma grande vontade de criticar o passado por parte de uma maioria, mas claro, quanto mais concervador menor a vontade de lhe atirar pedras pois e no passado que esta a solucao para o presente creem eles...o certo e, que nos portugueses nao sabemos fazer com o passado.
B

(*)Ser concervador tras consigo muitos males...por exemplo, ser concervador como somos faz de nos pessimistas, amamos as heirarquias sociais com a mesma devocao que outros as detestam, precisamos sempre de alguma autoridade para nos vergarmos e abodecer como se de tal dependese a harmonia celestial. Outos aspectos do concervadorismo e a nossa nessecidade colectiva de mostrarmo-nos mais pelo queremos ser do que pelo que somos, se nao fossesmos tao concervadores de certo dariamos mais valor a honestidade de se ser como se e e nao viver de mentiras.

E curioso reparar que existe na sociedade portuguesa boa gente que se diz liberal de mente aberta, mas depois de uma objectiva observacao reparamos que esse liberalismo e so superficial e nao vem de dentro e nem e pouco um mais ou menos verdadeiro...certo e que existe muito concervador que se engana a si mesmo e logo por consequencia os outros.

Ser concervador em Portugal e "in" e "posh"...muitas ha, e eu conheco alguns, que se tornam vassalos dos meninos ricos, eles hiper-concervadores, e fazem do concervadorismo a sua bandeira, porque se virmos bem e muito conveniente ser concervador num pais que tem isso como o seu motor social e economico. Ser concervador em Portugal abre portas enquanto ser progresista, e nao falo nessecariamente dos comunistas que tambem os ha concervadores, e visto como algo malino e vil.


Mas por falar disto lembro me, que em Portugal alem de se ver os progressitas, por exemplo os comunistas, que devem ser espesinhados a todo o custo segundo muitos concervadores de "bom coracao", esses mesmos concervadores nao se reveem nos antigos ditadores Salazar e Marcelo Queitano...e como se o perigo/ameaca politica e social existise so do lado progessista, nunca do lado concervador.
C

Se repararmos e bem comodo ser concervador, o mundo e ordenado, controlavel todos sao como maquinas seguindo aquilo a que foram programados, e eixste sempre uma autoridade que protege e condena e neste mundo nao ha defeitos, nem minorias, os pobres sao tratadfos de forma desrespeitosa e temifdos nem misturas..e um mundo devino e cheio de graca.


So que acontece que o mundo nao e assim e e muito mais fluido imprevisivel e incontrolavel, pois tudo muda e o que antes era escondido hoje e mostrado; o mundo concervador e antes de mais uma ilusao e Portugal tem e vive um pouco dessa ilusao, infelizmente.
O mal do nosso e dos concervadorismo em geral e que nao avancam, se o fizesem nao seriam concervadores, mas esta estagnacao, esta podridao, este conformismo e conforto de nao fazer nada para que uns tenham conforto e e a maioria nem tanto, faz de Portugal um pais que sofre por culpa de si mesmo...por nao ver em si e que estao os problemas.
Mas claro os portugeses no seu concervadorismo, e com isso digo o seu comodismo, tem medo de arriscar, tentar, experimentar e isso que todos tememos, antes de mais por sermos tao decadentemente concervadores. Portugal e o portugeses podiam avancar progredir mas nao sabem fazer pois temem se a si mesmo...somos como o cavalo de Alexandre o grande que temia a sua propria sombra e por isso este grande conquistador sempre andava com ele de frente para o sol, vivemos a temer nos portuguese, e pena que isto nos fassa sofrer tanto, pois e uma ilusao concervadora que nos sai muito caro.