UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Saturday, August 11, 2012

(Des)Ilusoes da Imigracao

Tenho nos ultimos tempos ajudado pessoas no facebook e tenho encontrado pessoas com as mais variadas questoes, vindo estas de brasileiros. Ha varias questoes obvias, como e o pais? se e seguro? (muito, aqui policia faz o que deve fazer!) o custo de vida? (caro), como sao as pessoas? (simpaticas mas distantes), no entanto ha pessoas que realmente me deixam algo desapontado em relacao a visao ou da experiencia da imigracao e sobre o que tem em mente quando viagam para um pais como o Canada.

Das varias pessoas que tem consciencia das dificuldades em se adaptar, ha um grande desconhecimento da Realidade Canadiana, e nao me refiro a realidade numa forma subjectiva, pois eu sei que por aquilo que eu passo e escrevo neste blog e vivido por muito mais gente, seja no Canada ou seja onde for que a pessoa e imigrante. Como e possivel pessoas pensarem que podem vir para o Canada sem saber ingles? e isso que me chocou, como tambem podem as pessoas pensar imigrar sem saber o que vao fazer? ou como? imigrar nao e o mesmo que ir a cidade ao lado, onde se fala a mesma lingua, nada disso!!!

Imigrar e para um pais, com novos habitos, nova, e por vezes dificil, lingua, e entrar num mundo de trabalho que nos nao sabemos nada e que certamente nao funciona como no pais de onde vimos. Quando imigramos as regras mudam, os habitos e as pessoas tambem e oque e aceitavel num pais de origem pode ser inaceitavel no pais para onde se imigra. E aprender uma lingua, nunca e jamais e "desemrascar", muitas vezes as pessoas nao tem pacencia, nem para o teu sotaque e algumas, as estupidas que as ha, nao aceitam formas erradas de falar, por se esquecerem que ingles e a tua lingua, e verdade essas pessoas existem, nao so no Canada, mas existem, ja ouvi historias sobre isso.

Imigrar tem pouco de fantasia, que so dura os primeiros meses, mas quando a realidade entra pela porta ha que vive la e a ceitar e supera-la. E enquanto no nosso pais temos amigos e familia que nos podem ajudar, aqui amigos nao aparecem assim tao facil e estamos por nossa conta em todas as alturas. Antes de querer imigrar visite o pais onde quer viver pergunte a quem la vive, nem que seja por um mes, veja e conheca o pais como turista antes de querer avancar.

Imigrar nao algo que se fassa do pe para a mao, sem pensar 2 vezes, porque as concequencias dessa escolha pode muitas vezes ter consequencias tragicas e dramaticas. Muitas pessoas ficam quase ofendidas parece me quando lhes falo da realidade de imigrante e do canada, a realidade e como e e ela nao e facil nem para mim nem para ninguem, que imigrou ou que pensa imigrar... E uma avantura mudar de pais, uma aventura pessoal cheia de desafios e de duvidas, eu nao sou nehum heroi, mas imigrar tem me dado a oportunidade de crescer e de me conhecer mais e melhor, nem sempre da melhor forma, e essa e a grande licao de imigracao, faz nos "melhores" humanamente...mas para se "receber" isso, ha que "dar" algo em troca.


Thursday, August 09, 2012

Humor de Vancouver

Para quem quer ver a belissima cidade de vancouver ser protagonista num programa de humor, ao mesmo tempo que revela o caracter e a mentlaidade canadiana, essa serie e Hiccups ( Solucos) em portugues. http://hiccups.tv/ Vancouver e mostrada logo ao inicio e vai sendo dada a conhecer ao longo da narrativa...serie bem canadiana, 100% canadiana.

Mas mais do que falar sobre a serie, aqui vos deixo 2 episodeos desta comica serie, espero que gostem.

Tuesday, August 07, 2012

Crimes de Honra, no Canada

Li recentemente que ainda acontecem crimes de honra no Canada, mas nao so, ate na Inglaterra, dizer que imigrante tras consigo os fantasmas da sua terra na bagajem e quase dizer pouco em relacao a familias que se comportam como estivecem na sua terra natal. Isto nao acontece na comunidade portuguesa, os nossos mal sao outros e mais pequenos, mas matar por honra? que pode um pais fazer em relacao a isso? ate onde vai os limites legais de um governo para impedir tais actos?

Isto acontece em culturas em que as tradicoes estao ainda bem e fortemente enraizadas, Indianos, Pasquistaneses e ai por diante. E isto da se quando as filhas ou as mulheres devido a serem mal tratadas e desrespeitadas, decidem ou fugir de casa ou querer divorcio, ou mesmo namorar algum sem o consentimento do pai. De facto estes actos de violencia acontecem a 2 principais e perturbadores factores que sao tomados como garantias no mundo em que vivemos, a ausencia de poder da mulher e o dominio absoluto do homem sobre esta.

Nos paises do medio oriente, ou do oriente questoes como a liberdade femenina nao sao temas de debate, tanto por questoes relgiosas como culturais, como podemos ver ao ligar as televisoes, questoes como liberdade contra a tirania e opressao sao questoes que movem uma sociedade. E verdade que o oriente, medio e extremo esta a mudar, onde 2 visoes se lutam, a secularista ou a religiosa.

Mas entretanto, mulheres morrem nas maos dos homens que as deviam proteger e amar, e se de facto estranho, quando a honra e tomada como principal e leva a crimes que vao contra a nocao de amor e respeito familiar, que tantas vezes nao existia, mas sim o que ja la estava era a presenca de um enorme Ego Masculino e influencia relgiosa sao reis e senhores.

Parece me importante debater estas questoes, porque o nosso egoismo e cegueira de pensar que "se nao e comigo nao interesa", talvez nos leve a ser igualmente cumplises e criminosos nesses actos, porque foi a ausencia de humanidade e respeito que levou a estes crimes e foi a nossa alienacao destes factos que nos fez indirectamente culpados...nao sera??