UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Saturday, April 30, 2011

DOXA

Celebra se no mes de mais em Vancouver um fantastico festival de decomentarios, de nome Doxahttp www.doxafestival.ca/index.html  , onde se reunem anualmente decomentarios de todo o mundo organizados por um grupo sem fins lucrativos, a Documentary Media Society com o o nobre objectivo, na minha opiniao, de valorizar e educar sobre decomentarios.  

Num mundo centrado no cinema e nas narrativas destes, parece de grande valor educar as populacoes para o sempre importante valor social e cultural de ver e pensar os decomentarios, e parece me nao ser o unico a pensar assim. Este evento e tambem usado para dar a conhecer decomentarios menos conhecidos que sao apresentados em varias series de acordo com varios temas.
Aqui fica uma sugestao para todos os curiosos e seguidores de outra forma de pensar e ver o mundo que nos rodeia, o tantas vezez ignorado e desvalorizado Decomentario.


Friday, April 29, 2011

O Poder do Agora!!!

E deficil achar pessoas que nos inspirem, que nos provoquem e fassam pensar, a nivel politico ou seja a que nivel for, tirando talvez um Daila Lama ou outros mais escondidas mentes. Mas embora Obama tenha o mesmo poder oral, parece me que em muito se perdeu o poder de fazer acreditar que ele teve durante as eleicoes, mas no entanto ele permanece o sempre grande  e carismatico homem, independentemente das politicas que segue ou as falhas na sua presidencia.

Mas nao quero falar de Obama ou politica, mas daquilo que me parece faltar nos dias de hoje, inspiracao, sabedoria e profunda conhecimento de si mesmo, pois parece me que vivemos num mundo algo futil e superficial de aparencias, mentiras e ilusoes, nao que estas escondem dores que deverao estar escondidas, mas o mal desta ilusao social que tantos de nos aceitamos como facto e de facto, falsa!!

A o que procuro e o que acho que muitos de nos procuramos e termos consciencia, real consciencia de quem somos, sera que alguem sabe realmente quem e? nao me refiro aos limites morais ou pragmaticos que temos, nao, esse conhecimento embora importante, e algo limitado acho. Refiro me aquela consciencia, bem intima e profunda, que por breves momentos a vida nos da, eu ja tive alguns em que por breves instantes apercebi me daquilo em mim e no mundo, por breves momentos sube quem sou e do que sou capas e o que e realmente o mundo, tirando a retundancia, na tua realidade, serei o unico? acho que nao....

Eu nao escrevo para converter leitores em fieis ou descrentes em convictos, quero sim dar a conhecer um escritor que escreve sobre o que em cima escrevi, nos ja ouvimos falar no Nirvana, conceito este quase propriadade dos budistas,mas este conhecimento pessoal vai muito alem das paredes de um templo ou das paginas sagradas de um Sutra, essa "iluminacao" pessoa e real e existe em todos nos, e um autor que explora e reflecte sobre ela e Eckhart Tolle.

Eckhart http://www.eckharttolle.com/ e um escritor natural de Vancouver e nascido na Alemanha, e contribuindo com muitos artigos de grande interese para a revista gratis, Commum Ground. O interesante em Eckhart Tolle e a forma quase genial e inpirada e inspiradora como consegue misturar e elevar filosofias orientais, psicologia, e auto ajuda numa mensagem que foge de qualquer corrente religiosa, psicologia ou teologica e nos da uma mensagem que e profunda na sua filosofia e intemporal nas verdade que nos lembra e nos faz conscientes.

Vivemos em temos, igual, nas suas diferencas e semelhancas, a tantos outros tempos que nos antecederam, e ate nos seremos Passado um dia; E talvez de todos os tempos a mudanca e melhoria interior em todos nos sentimos, uns mais do que outros, seja como for, TODOS NOS BUSCAMOS algo. E e nessa busca que me parece ser de grande interese ler Eckhart, ele nao nos forca a acreditar em algo como muitos escritores de auto ajuda fazem, ele vai para alem da auto ajuda, ele faz nos ficar conscientes daquilo que esta em nos e que vivemos a vida a ignorar.

Sugeri Eckhart Tolle porque me parece importante voltar a ser inspirado num  mundo sem lideres que nos inpirem e com poucos livros que vao a raiz de quem somos como individos e e por achar que Eckhart o consegue que tomei a iniciativa de o dar a conhecer, espero que gostem de o ler tanto quanto eu gostei, porque se o Conhecimento ganha valor e riqueza e quando se tem a capacidade de ser partilhado.....

Thursday, April 28, 2011

Nostalgia dos 80

Ha algo em relacao ao qual tenho grande nostalgia, de certa forma, ao programas que via nos 80, mas que tem isso com imigracao? talvez nao tenha muito, mas ha algo de precioso, parece me, quando vimos ou ouvimos referencias do nosso passado, nao que ele volte atras, mas nessa memoria visual ou auditiva, algo do passado parece voltar.

Aqui no Canada decidi dar uma volta ao "memory lane" (rua da memoria) como eles lhe chamam e comecei a coleccionar programas que mais me marcaram na minha joventude, outros tempos sem duvida, tempos em que os herois tinham principios em que a justica e a igualdade valiam ouro, da seria "bela e o monstro" "mcgyver" "Justiceiro", "He-man" a tv ensinava nos exemplos que sem duvida mereciam ser seguidos.

Eu nao sei como sao os herois de hoje em dia que sao mostrados ou ensinados aos mais jovens, e duvido muito que "pokemons" ou "dragon ball" tenham em si algum nucleo moral ou etico que mereca a nossa atencao. Sera que a tv se transformou mais num intrumento de entredimento do que num veiculo onde  educar e inspirar os espectadores e a menor das preocupacoes??

Acho que parte de uma boa educacao nos temos jovenis nao e so obrigacao dos educadores mas de um util e intelegente servico publico onde as primeiras bases eticas e dos valores dos espectadores mais novos e formada e criada, sim pode se aprender muito com a tv, historias tem em si valores e ideias que me parecem ficar de certa forma no menos consciente na mente dos espectadores, logo, porque nao havia de nos moldar?

Talvez ouvir as musicas que ouvimos em mais jovens, e mesmo ver programas que vimos em mais jovens possa nos ajudar perceber uma parte dos valores que nos foram ensinados, e e verdade que cada um tera uma visao diferente do seu passado e da forma como ele moldou quem somos. Mas me parece haver algo de seguro em ver os programas que nos divetiram anos atras, porque talvez isso seja para alguns a unica boa recordacao dos tempos idos.

E talvez e so a nivel de nota, muito deste passado e sem duvida o exemplo de boa televisao, e hoje em dia culto, adorado e visto e revisto por todos que inicialmente os viram, e aqui fica uma boa ideia para os que nao conheceram estas series, explorem e vejam nas...sem duvida, muitos bons tempos !!!



Wednesday, April 27, 2011

Portuga: um pais que nao conhece!!

Aqui deixo um texto de email que recebi, este e de um outro e do mesmo Portugal que todos conhecemos, depois de ler este artigo basta me so perguntar, entao que pais e o meu?? e qual e a final o " Pais Real"?? certamente todos teremos as nossas respostas, ou as nossas questoes.....que talvez possa levar muitos a questao das questoes, Quem somos nos afinal??!!

(""")Bem-vindo AO PAÍS QUE NÃO CONHECE : PORTUGAL

Eu conheço um país que em 30 anos passou de uma das piores taxas de mortalidade infantil (80 por mil) para a quarta mais baixa taxa a nível mundial (3 por mil).

Que em oito anos construiu o segundo mais importante registo europeu de dadores de medula óssea, indispensável no combate às doenças leucémicas.

Que é líder mundial no transplante de fígado e está em segundo lugar no transplante de rins.

Que é líder mundial na aplicação de implantes imediatos e próteses dentárias fixas para desdentados totais.

Eu conheço um país que tem uma empresa que desenvolveu um software para eliminação do papel enquanto suporte do registo clínico nos hospitais (Alert), outra que é uma das maiores empresas ibéricas na informatização de farmácias (Glint) e outra que inventou o primeiro antiepilético de raiz portuguesa (Bial).

Eu conheço um país que é líder mundial no sector da energia renovável e o quarto maior produtor de energia eólica do mundo, que também está a construir o maior plano de barragens (dez) a nível europeu (EDP).

Eu conheço um país que inventou e desenvolveu o primeiro sistema mundial de pagamentos pré-pagos para telemóveis (PT), que é líder mundial em software de identificação (NDrive), que tem uma empresa que corrige e detecta as falhas do sistema informático da Nasa (Critical) e que tem a melhor incubadora de empresas do mundo (Instituto Pedro Nunes da Universidade de Coimbra).

Eu conheço um país que calça cem milhões de pessoas em todo o mundo e que produz o segundo calçado mais caro a nível planetário, logo a seguir ao italiano.

E que fabrica lençóis inovadores, com diferentes odores e propriedades anti-germes, onde dormem, por exemplo, 30 milhões de americanos.

Eu conheço um país que é o «state of art» nos moldes de plástico e líder mundial de tecnologia de transformadores de energia (Efacec) e que revolucionou o conceito do papel higiénico (Renova).

Eu conheço um país que tem um dos melhores sistemas de Multibanco a nível mundial e que desenvolveu um sistema inovador de pagar nas portagens das auto-estradas (Via Verde).

Eu conheço um país que revolucionou o sector da distribuição, que ganha prémios pela construção de centros comerciais noutros países (Sonae Sierra) e que lidera destacadíssimo o sector do «hard-discount» na Polónia (Jerónimo Martins).

Eu conheço um país que fabrica os fatos de banho que pulverizaram recordes nos Jogos Olímpicos de Pequim, que vestiu dez das selecções hípicas que estiveram nesses Jogos, que é o maior produtor mundial de caiaques para desporto, que tem uma das melhores selecções de futebol do mundo, o melhor treinador do planeta (José Mourinho) e um dos melhores jogadores (Cristiano Ronaldo).

Eu conheço um país que tem um Prémio Nobel da Literatura (José Saramago), uma das mais notáveis intérpretes de Mozart (Maria João Pires) e vários pintores e escultores reconhecidos internacionalmente (Paula Rego, Júlio Pomar, Maria Helena Vieira da Silva, João Cutileiro).

Este país é Portugal.

Tem tudo o que está escrito acima, que tem ainda muito mais .um povo maravilhoso.

.mais um sol maravilhoso, uma luz deslumbrante, praias fabulosas, óptima gastronomia.

...Mas que não pode ter tudo bom !!!...tem a pior e mais corrupta classe política que se conhece a seguir aos países de 3º Mundo !!

Bem-vindo a este país que não conhece: PORTUGAL ("""")

Thursday, April 14, 2011

""Hobo with a Shotgun""

O cinema canadiano  http://northernstars.ca/ sempre teve muito de independente, e por vezes alternativo, bem longe das luzes da ribalta de Hollywood. Mais recentemente surgio das estranhas do cinama canadiano um filme que nao e para todos os estomagos, devido a violencia e frontalidade com que aborda os temas de pobresa e vinganca, o nome dete e "Hobo with a Shotgun" ( Mendigo com uma espingarda).

Nos dias de hoje o cinema parece sofrer de nostalgia atraves de filmes que lembram os filmes dos 70 e 80, e Hobo e um bom exemplo disso, bem sei e sempre bom repetir que nao e para todos os estomagos, mas para os mais curiosos e radicais em gostos cinematograficos, talvez gostem desta sugestao.


Thursday, April 07, 2011

Prenda do Irao

Eu no local onde trabalho tenho uma grande variedade de culturas nos meus varios colegas, entre eles uma pequena simpatica iraniana, recentemente ela foi de ferias ao Irao e perguntou a todos o que queriamos como recordacao do Irao, e puz me a pensar que prenda interesante poderia receber do Irao, o Korao escrito em arabico, bem sei que pode ter sido um pedido algo exagerado, mas existe uma razao para o fazer.

O Korao  http://www.quranexplained.co.uk/e um dos livros nao so dos mais belos, devido a escrita em arabico, uma escrita de uma elegancia que sempre admirei e e esta mesma escrita que se encontra nas mesquitas mais antigas, fazendo nao da escrita em si mesmo mas do seu conteudo, algo sagrado. A escrita do Korao tem tambem outra dimencao ou dimencoes, religiosa, politica e social fazendo de um singular livro o moldar de uma sociedade desde que foi escrito.

E visto o Korao hoje em dia ter um afeito tao poderoso no mundo islamico http://islamworld.net/  http://new.islamic-world.net/, porque nao ter como prenda o livro mais importante desse propria parte do mundo? faz todo o sentido. Mas tambem me parece importante pensarmos sobre o que o Islamismo e desmistificar muitos dos medos a volta dele, porque se ha coisa que faz com o racismo e a descriminacao que as pessoas islamicas passam hoje em dia muito deve se a muita ignorancia e muita vontade de ir pelo caminho mais "facil", o da simples descriminacao sem base em factos reais..todos nos conhecemos isso, e mutos de nos, infelizmente pratica o sem problemas.

Num pais multi cultural parece impossivel que haja racismo no entanto ele existe, e curiosamente nao e muito mediatico, no entanto este parece me estar algo "escondido" e existe. Nao sei se devemos julgar as religioes pelas desctruicoes ou pela forma como se vestem como forma de doracao em relacao ao seu Deus, mas pela dimencao humana que tem, e bem sei que o Korao tem passagens algo extremas e violentas, no entanto a religao em si tem muito interese que me parece, merecem ser conhecidas e reflectidas.

Porque da ignorancia e do medo nada de bom pode vir e so quando nos abrimos aos outros podemos ficar mais ricos como individos e seres humanos., e talvez so abrindo nos ao mundo e questionando e aprendendo com ele nos tornaremos melhores.









Friday, April 01, 2011

Vancouver 125 Anos

Vancouver ira fazer 125 anos, que tal como o Canada sofreu muitas mudancas moldando esta area como nehuma outra no Canada, da influencia inglesa a transformacao multi cultural.
Aqui deixo um interesante decomentario sobre esta cidade que comecou como um porto comercial de trafico de pelos que eram importados para europa, e que assim se desenvolveu na metropole de hoje em dia, sem duvida uma boa licao de historia este decomentario, espero que gostem.