UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Friday, October 05, 2012

Portugal ao contrario

Celebracoes do 5 de Octubro, Portugal 2012, um dia que sem duvida fica pra a historia pelas mais pessimas razoes. O povo nao esta presente nas comemoracoes, ha sinais de apupos e indignacao da populacao e de 2 pessoas que se manifestam proximos do nosso lideres, que pouco lideram. Nessas mesmas comemoracoes o 1 ministro esta ausente e ninguem esta para representar o governo, mas o pior esta para acontecer que tao bem define e simbolisa o Portugal, o Governo, e a alma dos portugueses de forma tao simbolica e profunda, a bandeira foi asteada ao contrario.
 
Ha muito ao contrario nos dias de hoje, basta ver a Europa e Portugal onde se pensa que so com austeridade e mais austeridade se foge aos males do passado, e como consequencia o povo sofre e torna se cada vez mais enreaivecido em relacao aos poderosos. Que sera do sonho europeu? de portugal e das suas gentes? que caminho e este que nos esta a lever a desgraca?
 
Muitas questoes surgem nesta altura, muitas sem respostas e das poucas respostas que surgem nada e certo, nada e garantido. Portugal e um incognita, ate para os portgueses que ha muitos deixaram de sonhar e de ambicionar alcancar um futuro melhor quando tudo a sua volta lhes indica que o mais que podem fazer e sobrevivier com o pouco que o governo da. Mas nao apontemos o dedo ao governo porque o mal e sistematico, do sistema em si em que a idiologia so vem muitas vezes piorar mais as condicoes.
 
A crise de hoje em dia vai alem do sistema, de idologias e de heirarquias tao fortes em Portugal, esta crise e social e nacional e claro que se estende a outros niveis, nao e preciso ser sociologo para ver que as mentalidades nao mudam e custam a se adaptar a novas condicoes que o mundo de hoje exige.
Claro que temos historias de sucesso, mas esse sucesso nao e feito em Portugal e feito quando se intercionalisa, mas ha muito a mudar, ha muito que se pensar sobre o que e ser portugues e que Portugal se quer e que tipo de politicos, povo e elite, mas isso so o futuro indicara isso.
 
Eu sempre afirmo que este e um tempo importante, dos portugueses e para a Europa em geral, e isto vai alem do economico e financeiro embora tenha comecado ai, vai ao centro do que e ser ocidental e europeu e a sua importancia para o resto do mundo e em si. Ha muito a ser pensado e descoberto sobre o futuro da Europa e Portugal, e talvez uma bandeira asteada ao contrario no 5 de Octubro, seja um sinal pessimo do que esta para vir..quem somos? o que queremos ser e alcancar? que queremos dos nossos governos/politicos? e do povo e de cada um de nos? e como la chegar??...saberemos para breve.

1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Infelizmente temos políticos mais afastado do povo, e mais próximos dos credores internacionais... Temos que pagar o que devemos, feita pela as más escolhas e políticas. Mas tanta austeridade só leva o país a mais recessão sem crescimento economico durante muito tempo... O 5 de Outubro devia ser uma festa do povo, o dia que o Presidente se derigia-se as massas. Mas não, foi a festa de poucos ou melhor das elites de Portugal.

October 08, 2012 2:39 PM  

Post a Comment

<< Home