UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Wednesday, December 12, 2012

Que Legado deixamos??

Com 33 anos por vezes pergunto me que legado tenho eu, acredito que nao seja o unico com este de preocupacoes, parece me que e realmente uma minoria que para para pensar no que deixara quando deixar-mos de existir, pois sobreviver torna-se a questao essencial. O leitor pensa nessa questao? que memorias terao os seus conhecidos quando desaparecer?

Nao podemos todos marcar o Mundo, mas muitos conseguem dentro das suas comunidades fazer e por fezes faz a direnca. Uns nascem, parece, com o dom de conseguir marcar o mundo e os outros, outros ainda ha que por mais que facam, nascem, vivem no desconhecido, entre os quais me incluo, e ainda ha um terceiro grupo, a maioria, que vive sem pensar no que deixaram ca depois da morte, vivem desfrutando da vida como sonanbulos sem consciencia de si.
 
Eu admiro todos aqueles, dos grandes aos pequenos, que sao capases de fazer a diferenca, de marcar, de inovar, inspirar, mover,  elevar...esses sao os que por vezes vao parar aos livros de historia, dao nomes a museus, pontes e escolas, entre outras criacoes. Nao me refiro a fama ou vaidade pois essa leva o vento e e construida atravez do proprio ego e as vezes de iluzoes pessoais, nao nao me refiro a esse tipo de legado. O legado de que falo e aquele reconhecido, medalhado atravez de gestos e ocasioes lembradas pela comunidade em geral, esse e o legado que falo, no entanto nao nego a importancia da memoria a que todos nos pertencemos nas mentes e almas dos que nos conhecem.
 
Porque mais de irmos parar aos livros de historia, ficarmos na memoria de alguem devido a algum acto de bondade/valor que tenhamos feito a alguem garante ate certo ponto a imortalidade da nossa existencia. Lembrarmo-nos que devemos cada dia dele algo memoravel, nao so para nos como para outros, tras consigo a responsabilidade de sermos o melhor que podemos ser.
 
O que me levou a dar tanta importancia a ser recordado e imortalisado talvez tenha vindo do facto que como apreciador de arte e cultura, sem esquecer as varias culturas com que me cruzo diariamente, vejo com admiracao as criacoes artisticas e a forma como eles nos impactam se estivermos abertos a isso; de livros, a filmes, a pintura e criacoes de todas as formas, ate mesmo as grandes pessoas da historia, eles como sabemos, tem ja um lugar marcado nas nossas memorias. Mais do que tentar ficar no coracoes das pessoas que valorisamos e gostamos, ficar na memoria de quem nao podemos ter o coracao, talvez seja em si uma riqueza....
 
 
......A reflexao continua, sintam se livres de partilhar
 
 
 
 

0 Comments:

Post a Comment

<< Home