UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Saturday, November 30, 2013

O Coracao da NATURZA

       Um dos grandes prazeres de viver em Vancouver e a arte que existe por ca, galerias, exposicoes e tudo mais e dou me por vezes ao prazer de ir desfrutar deste. E para desfrutar e apreciar arte nao e nessecario conhecer todos os movimentos e artistas do passado, o que fizeram e que importancia tiveram, no entanto nao nego que ter algum, basico digamos, ajuda a perceber muito do que se faz hoje em dia, porque como em todos os processos, o Presente nao e mais que uma expressao, renovacao ou transformacao do Passado, como a Arte o demonstra.
       
      Mas a forma como eu pessoalmente aproximo esta experiencia de ir a galerias e de simples abertura, curiosidade e interese sem saber o que vou ver ou como me ira afecta, de certa forma acho que a melhor aproximacao a ir a uma exposicao e galeria e sermos nos "Uma tela em Branco" e deixar a arte Acontecer em nos. Porque de certa forma nos Acontecemos na arte, pois o que vemos nela e como a percebemos muito tem haver com quem somos e que valores e ideas temos, livros q lemos, experiencias de vida, fazendo da intereaccao com a arte algo de uma relacao, tipo, entre duas pessoas se virmos bem.....
        Entao decidir dar um saltinho a Jennifer Kostuik Gallary http://www.kostuikgallery.com/ na zona chick de Vancouver chamada Yaletown, galeria esta que visito com frequencia. Mas para os interesados em arte que se expoe e vende em Vancouver sugiro um saltinho ao site  Art Preview http://www.preview-art.com/.
        Continuando, e foi ai que vi pela primeira vez as fotos que estao no presente artigo de Catherine Nelson. Parei, e olhei...e deixei as fotos, de metro a metro, comprimento e largura, comunicarem o que tem a "dizer". Leva tempo, sem duvida, mas arte e para ser apreciada lentamente, pouco a pouco, como uma melodia...e mesmo a que nao se percebe ou acha feia.
       
         As fotografias de Catherine Nelson elevam a Naturesa a centralidade que merece, ela torna se magica, divina, sublime na sua simplicidade, nas suas cores, na intensidade e docura da sua luz. O normal que nos conhecemos ganha outra dimencao atravez do trabalho fotgrafico desta artista. sao fotos sem pessoas, nem predios, nao ha sinais de civlizadao, so e apenas Naturesa, tendo sempre como centro focal da foto lagos e mar, que se estendem para florestas e parques criando um mundo ou um olho de naturesa, conforme queiramos entender.

          Parece me que uma forma de percebes estas fotos, ou toda a arte e comecando por levantar perguntas relevante a ela. Que valor tem a naturesa hoje em dia? como a vimos e que valor lhe damos? vivendo muitos de nos em cidades, que espaco ocupa a naturesa na nossa mente dentro deste contexto? Longe vai o tempo que o campo era o espaco onde nossos avos e bis avos viviam, e agora no presente, que nos pode dar a naturesa?...e a perguntas continuam.
       E destas perguntas surgem algumas respostas para entender estas fotos, onde a Naturesa e um globo, um univeroso em si mesmo, ou podera ser um ciclo, o ciclo da vida? o ciclo natural das coisas?..e onde estamos nos? e porque a nossa ausencia destas fotos parece me dizer tanto sobre quem nos somos assim como o que estes mundos naturais sao em si mesmos!!
     
      Vivemos num mundo em que duas faccoes lutam em relacao ao ambiente, uma nega o valorisando o lucro e a exploracao a qualquer custo, e em relacao a isso somos todos responsaveis pois o nosso consumo louco e irracional tem impacto directo na naturesa E ha o outro que luta para dar valor e salvar o que ainda existe a nivel natural, de eco sistemas a especies em vias de extincao, e onde desaparece Natureza costuma desaparecer tambem culturas nativas!!
 
       Nesta perspectiva estas suspostamente "inocentes" montagens de mundos naturais ganham outra importancia, acima de tudo moral, social e humana, existem outras perspectivas, esta e a minha. Arte nao e so para se entender ou analizar, ela pode ser tambem o comeco de partilha entre pessoas, como centro com une pessoas na busca dos seus Significados e  Mensagens. A abertura da arte a interpretacoes, dissecacoes tematicas, sociais, historicas, metedos e teorias da propria arte faz de uma peca ou qualquer criacao artistica um universo a ser explorado para quem desejar ter essa "aventura"...
       

1 Comments:

Blogger Simone Guerra said...

Tiago, vi seu blog em uma página no Facebook, como sou curiosa, vim te fazer uma visita e gostei mto do que vi....
Bjins literários do Brasil

http://paracruzaroatlantico.blogspot.com.br/

December 09, 2013 4:19 PM  

Post a Comment

<< Home