UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Friday, November 29, 2013

O Tempo passa, e alguns ficam!!

           O tempo costuma fazer muitos de nos progredir, mas muitos ficam para tras, no passado, sendo quase memorias do que nao volta. O que me levou a escrever este artigo e que tenho pensado num amigo  meu, amigo de crianca mesmo que me tem acompanhado ate hoje. Claro que as coisas mudam, pesssoas casam, como ele ja o fez, saem de casa depois da universidade, mas esta mudanca que me refiro e a atitutde, de passivo a activo, de nao curiso ao seu oposto.
             E algo incomodativo ver o tempo passar e virmos que quem nos e proximo ficar, parado, passivo, estactico, no passado. Este meu amigo sempre foi  e e muito proximo de mim, quase um irmao, andamos na primaria juntos, temos o mesmo humor e ambos sofremos de alguma timidez, fazendo de nos os does o nosso proprio grupo.
 
          No entanto tivemos experiencias de vida muito diferentes, eu conheci o depois de vir de 7 anos de Mozambique, o tempo passou e ele sempre foi a mesma pessoa simples que sempre conheci, nao que simplicidade seja um defeito, que nao o e, mas quando o tempo passa e nao nos moldamos ou crescemos, ai a simplicidade torna se um defeito que pouco beneficia quem dele tem esta qualidade.
        
       Foi quando vim para o Canada, e com as exigencias de viver noutro pais, cheios de desafios constantes, com os sulavancos da vida aqui e ali, e com visitas de 3 em 3 anos a Portugal, que comecei a notar que de facto que vemos o mundo e aproximamos o mundo de forma diferentes. Portugal sempre foi  um pais fechado concervador com admioracao pelo extrangeiro, mas com medo e timido interese pelo novo, e assim e este meu amigo, e como ele ha muita gente em Portugal, e pelo mundo fora nao duvido! Aquele calmo comodismo que por mais que o mundo ande e avance sempre se prefere aceitar a condicao da vida e navegar nela, antes de a desafiar e mudar.
         Essa atitude nao serve quando se imigra, de esperar e aceitar e nunca arriscar, de facto ter essa atitude e meio caminho para ser ver a experiencia da imigracao como um sofrimento. E foi com esta duas formas de estar e ser no mundo actual que vi que as nossas diferencas foram comecando a aparecer. Claro que gosto muito deste amigo, de facto e o unico amigo que confio e tenho grande admiracao por ele ser assim independentemente do sofrimento que isto lhe deve causar, e ate acho que permanecer assim exige alguma coragem...porque para sofrer e aceitar e preciso alguma dedicacao....
     
      Mas por mais diferencas que o tempo e a vida nos tenha feito aparecer, a amisade fica, mas nunca fica como era antes, e essa e uma das tranformacoes do tempo de a pouco e pouco ir alterando o que julgavamos inalteravel, bem la dentro de nos, isso assusta muitos e com razao...mas porque devemos temer o que e inevitavel? basta aprender e aceitar nao? e nestes promenores que a vida se torna complexa e cheia de ironias e alguns misterios.
        A vida e o tempo muda-nos, uns mais que outros isso afecta relacoes, perspectivas, experiencias pessoais, muitos vem nisso razao de conflicto, a mudanca, outros e parece me os mais sencatos, dancam com a mudanca e com ela crescem e tornam se melhores. O tempo pode criar colossais diferencas entre amigos e familia, mas se ha coracao e honestidade estas diferencas podem ser atravesadas pela ponte do entendimento e da abertura...mas nem sempre a alma humana esta altura do bom senco e da logica e essa e a raiz de todos os conflictos e dores!!!

"O tempo é o único capital das pessoas que têm como fortuna apenas a sua inteligência."  Balzac , Honoré de 

"Depressa: o tempo foge e arrasta-nos consigo: o momento em que falo já está longe de mim." Boileau , Nicolas
 

2 Comments:

Anonymous AnaBC said...

:) Acho que sei de quem falas. No entanto, penso que apesar das inúmeras voltas que a vida nos dá. A revolução vem sempre de dentro. REINVENTAR é a palavra de ordem. Querer mais. Querer diferente. E Acreditar como se não houvesse amanhã nem depois. Aqui em Portugal, aí no Canadá ou em qualquer canto do mundo!

Beijinhos amigo

January 16, 2014 1:29 PM  
Anonymous AnaBC said...

Acho que sei de quem falas. No entanto, considero que o mais importante é querer mais, querer diferente! REINVENTAR é a palavra de ordem. Deixar-mo-nos apaixonar pela vida e não ter receio de conhecê-la. De nos conhecermos... Querer como se não houvesse amanhã! Seja aqui em Portugal, aí no Canadá ou em qualquer canto do mundo!

Beijinhos amigo.

January 16, 2014 1:33 PM  

Post a Comment

<< Home