UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Thursday, December 09, 2010

Lixo Natalisio

Natal, epoca do ano conhecido pela sua alegria, o nascimento de jesus, sem nunca esquecer o vuras consumo pois e nesta altura que guardamos a oportunidade para espalhar dinheiro por tudo que e lojas ou areas de comercio, de roupas a media. Mas esta epoca e tambem conhecida para os canadianos como uma altura em que o lixo toma proporcoes quase epicas e nada como tentar prevenir a insanidade do consumo de se tornar algo incontrolavel.

E e por isso que meses antes dos tempos natalicios, veem se anuncios para chamar a atencao dos consumidores para comprares prendas que perdurem no tempo, que sejam de facto uteis e que nao cirvam para aumentar o ja previsivel montanha de inutilidade e porcaria sem sentido nehum. E verdade que comprar e facil, basta escolher, mas temos que nos perguntar qual sera a finalidade daquilo que compramos e se tera de facto valor a longo prazo, e vendo bem as coisas, se o governo do canada posece estes anuncios duranto o ano para prevenir lixo de existir, a economia ia a baixo.

Felizmente ainda nao se esquecem de nos lembrar que muito do que compramos tem uma curta validade, nem que seja de 2 dias, e vendo bem este anuncios fazem me pensar sobre a verdadeira utilidade do consumo no  mundo ocidental, porque ao lado destes aununcios encontram se outros anuncios, que nos querem vender brinquedos, cds, decoracao e tudo mais, isto nao podia ser mais contraditorio nos seus principios e objectivos.

Numa altura de ano em que se comecou a valorizar o consumo por si mesmo, esquecendo se mesmo a que se deve esta altura, e se esquece que a maior prenda e a respeito e a amisade que devemos dar uns aos outros. Quando se passou do espiritual ao material desta forma tao agreciva socialmeente/economicamente, e onde a sociedade e os seus elementos, se veem absorvidos pela nessecidade, e muitos pela obessecao de fazer dinheiro e ter poder devido a ele, mais e mais...acho que uma questao como o lixo que todos nos produzimos nessa altura, parece algo irrelevante se virmos bem, perdemos a nocao sem nos apercebermos..

Eu nao me considero um concervador, mas no entanto valorizo o essencial e sei que ele esta algo esquecido no mundo de hoje, logo nao percebo o que se deu ou o que o capitalismo nos fez, que nos esquecemos de valorizar a nossa humanidade e o que faz ser o que e, e usarmos esta altura para honestamente a darmos a todos que precisam dela, nao so neste periodo, mas durante o ano.

Dar e ajudar nao precisa de epoca do ano, e algo contante...mas acontece que a sociedade e o mundo que temos perdeu se mais e mais em objectivos que nos fazem perder a nos todos a alma que temos. Isto nao e concervadorismo, e humanismo no sentido mais lato, talvez seja isso que teremos que reaprender e ensinar uns aos outros sempre!!

Prendas materais, envelhecem com o tempo, so as que tocam a alma e transformam, perduram independentemente das alegrias ou tristesas da vida.


0 Comments:

Post a Comment

<< Home