UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Friday, December 31, 2010

Mulher Portuguesa: 1 parte

Mulher portuguesa, tao unica na sua forma de ser e estar, devemos a ela os valores e tudo que nos torna nos, os afectos. A mulher portuguesa e sem duvida unica, na sua personlidade e caracteristicas, e ate nisso somos unicos, tendo ja conhecido mulheres de varias nacionalidade, chinesas, japonesas, korenas, africanas, entre outras e facil ver em contraste como a mulher portuguesa e tao unica, pode ser concervadora, muito protectora de familia e da sua fememines, mas por mais semelhancas que possa partilhar com a universalidade femenina, e sempre portuguesa.

Numa multidao e facil reparar onde esta a mulher portguesa, mas se esta for de 2 ou 3 geracoes as coisas nao sao tao faceis, o portugalismo perde se, mas permance na alma. Vivendo eu rodeado da cultura canadiana e asiatica e tendo consciencia das direfencas entre ambas, admito que tenho uma certa saudades da mulher portuguesa, da sua simplicidade, maneira de estar..a mulher portuguesa e diferente sem duvida, mas nem por isso nao deixa de ter muito que possa aprender das outras mulheres do mundo e vice versa.

Enquanto as asiaticas sao fechadas e muito controladas e doces, as canadianas sao o oposto, sufisticada, valorizam a beleza como forma de ser e estar, a beleza mostra quem sao resumindamente, sao tambem algo e se nao mais superficiais do que as asiaticas ou as portguesas, pois vivem num mundo de imagem e atitude, e o que esta dentro pareceme ser lhes irrelevante. Canadianos nao falam muito de sentimentos abetamente, so em certas intimas situacoes enquanto as asiaticas e uma questao de tempo e confianca para se revelarem.

Verdade seja dita que a mulher candiana tem algumas licoes a aprender com a portuguesa, ha muita fantasia e aparencia na mulher canadiana e ha demasiado realidade e duresa na mulher portugesa, somos um povo com os pes demasiado no chao, dai vem muito pessimismo, logo um pouco disso no mundo canadiano femenino seria de salutar.

A reflexao continuara mas por agora quiz partilhar isto e estou aberto a ideias dos leitores sobre o que o leitor pensa da mulher portuguesa em si e em constraste com outras mulheres do mundo.

Thursday, December 30, 2010

"Querido mes de Agosto"

E tempo de rever o que de bom se fez no ano que passou e isso estende se aos jornais e as revistas, e creio que nao so no canada, e foi bom achar que na revista Straight http://www.straight.com/ revista esta de graca em vancouver um jornalista, de varios filmes que achou melhores no ano, foi com surpresa que "Aquele querido mes de agosto" esta entre os seus favoritos, tendo este filme feito por Miguel  Gomes.

O que parece ter agradado Ken Eisner, jornalista do Straight, em relacao a este filme foi a forma como "a cooperacao da vila, e como a personalidades dos aldeoes so atrapalha" (traduzido) afinal de contas um filme que mostra bem a nossa forma de ser e estar que ate desconhecidos, quem disse que a forma como somos nao pode ser arte? se tornado cinema ou outra forma criativa? aqui esta um bom exemplo disso.

Talvez a nossa maior riqueza, visto quer nos momentos de crise pensamos no que tem ou nao valor, pois bem, talvez o que temos de mais valor seja exactamente quem somos como povo e cultura em Porutgal, claro que temos muitos recursos naturais, e a sua gente de onde vem a grande arte e talvez seja altura de elevar e reforcar isso pois e exactamente isso que agrada aos estrangeiros, so sendo nos podemos e temos mais valor, como povo.

Monday, December 27, 2010

Os Contemporâneos - MÚSICA BURAKA OBAMA




Afinal ha esperanca na sociedade e na cultura portguesa, basta ver o que  "os comtenporaneos" sugerem, nos podemos!!! nos podemos!!!.... talvez se os comediantes fossem politicos, os sistema mudaria, que vos parece? basta de comicas incompetencias e sistemas velhos e jogos de intereses...que a comedia comece!!

Sunday, December 26, 2010

Presidenciais Portuguesas

As presidenciais aproximan e se  Portugal esta a beira do precipicio, porque dar promenores que ja todos conhecemos e agora que iremos fazer, mais do mesmo? ou sera que o proximo presidente nos trara aquilo que todos precisamos, coragem, esperanca, determinacao, real capacidade de nos fazer avancar para um futuro que vemos cada vez mais longe? quem e o homem que sera capas de inspirar os portgueses e dar nos o que precisam, mas e sempre dificil saber o que precisamos quando ha tamanho caos a nossa volta onde nada e pouco funciona como devia.

Portugal e um pais cada vez mais dividido a nivel economico e social, onde a classe media e cada vez menos media e os opostos se tornam mais definidos, bem se havia altura para um don sebastiao agora e altura de ele entrar em cena, mas como todos ja conhecemos na polotica portuguesa e tudo uma plhacada, onde todos mentem e quando chega a altura de algo  ser feito nao acontece nada  e tudo fica na mesma, logo, que podemos nos fazer?

Tenho que dizer que nao dei por quem puxar, mas e me dificil ver uma mudanca real com o novo presidente, eu nao sei que dizer sobre o proximo presindente so espero que os portugueses saibam com consciencia o que estao a fazer e que as suas escolhas sejam de facto positivas e dem resultados reais em vez de ficticios como as politicas e os politicos nos tem vindo a habituar desde varios anos. Eu juro que ja perdi a esperanca no meu pais e muitas vezes tenho esperanca nos seus cidadaos para sempre ser desagradavelmente surpriendido. Precisamos de realmente fazer alguma coisa, todos chega de divicoes e outras idiotices e fazer algo de valor para que resultados de facto que resultem e que nao sejam so hipocrisias e demagoias e mentiras tao normais na sociedade e politica portuguesa.

Se e para alguma coisa acontecer, temos que puxar todos para o mesmo lado, e com isso temos que nos entender quanto ao presidente e a sua forma de agir, pois o povo por mais  barunlho que fassa hoje em dia anda muito calado em realacao ao poder que tem e devia mostrar!!!

Saturday, December 25, 2010

Ron James e Computadores

Friday, December 17, 2010

Mensagem de fim de Ano (e-mail de Portugal)

A poucos dias recebi a carte que se segue, vinda directamente de Portugal, alguem curioso sobre a alma e o espirito portugues nos tempos que correm?? deixo vos esta carta e virao com claresa como vai sofrida a alma portuguesa, e que esta nao seja uma carta que crie reflexao, porque quem muito pensa pouco faz, muitas vezes, mas que crie e sem duvida criara, accao em quem a le. Por vezes ha cartas que doem e magoam, o que fazemos delas dependem de nos!!!

(""") Este ano que está a chegar ao fim. Foi um ano duro, de grandes sacrifícios, em nome da crise, justificou-se tudo, ou quase tudo. Em nome do povo fez-se tudo, ou quase nada. Em nome da democracia, atropelou-se os direitos de quase todos, na esperança colectiva, de que melhores dias virão. Em nome dos trabalhadores agrediram a Constituição da Republica, e em nome da Republica desferiram rudes golpes nas alavancas sólidas que determinavam o equilíbrio das finanças públicas. E em nome do passado, manipularam a verdade, e construíram um abismo pronto a receber os restos mortais da economia.

 E em nome de todos receberam as congratulações dos semeadores de tempestades, que em tempos escravizaram o mundo, e que hoje dominam camuflada mente em nome dos direitos humanos, da paz, e da liberdade, os povos e a sua soberania. Este ano que está a chegar ao fim. Foi um ano de retrocesso, de insensatez, de miséria, de fome. E em nome disso, e como determina a sabedoria popular, “o desejo que o próximo ano seja melhor, e se não puder ser, pelo menos igual ao que passou”. Pois eu em nome do povo, só quero um ano melhor, e não quero, pelo menos um igual ao que passou, deixei de ser conformista, e quem achar que estou errado só lhe digo que há trinta anos, que espero um ano melhor. Que há trinta anos acredito na possibilidade do povo ter uma vida melhor.

Que há trinta anos, que não perco a esperança neste país e no seu povo, mas também sei que somos pacíficos, brandos, que acreditamos na honestidade dos outros, nas suas promessas, e sobretudo confiamos e damos sempre uma segunda oportunidade, mesmo que aos nossos olhos, isso seja visivelmente uma perca de tempo. Somos feitos de bondade e moldados em humildade, ou então somos uma cambada de Sadomasoquistas, que preferimos continuar a acreditar no regresso de D. Sebastião montado no seu cavalo, num dia de intenso nevoeiro. Este ano que está a chegar ao fim foi um ano de penalizações para as famílias portuguesas, cada vez mais se nota as desigualdades sociais, aumentou o numero de desempregados e foram extintos muitos postos de trabalho, em compensação houve uma subida, na acumulação de riqueza dos que já eram ricos, e chamam a isto democracia, e dizem que não se pode governar melhor, e dizem que temos que produzir mais, que temos que ser competitivos.

A fazer o quê? Só se for revoluções históricas pouco sangrentas. E dizem que vivemos em liberdade! Que bom! Já podemos passar fome livremente. Já podemos ser pobres e livres simultaneamente. Que bom é ser um desempregado livre, sem receber ordens de nenhum patrão, nem salário ao fim do mês. Que bom é ser jovem, à procura do primeiro emprego, viver até aos trinta anos na casa dos pais, sem estabilidade para iniciar a sua própria vida, nem vida própria para alimentar os sonhos que lhe incutiram na adolescência. Um mundo de facilidades, onde o consumismo lidera as aspirações de qualquer um, em detrimento das prioridades objectivas e concretas da sobrevivência.

É assim que vai acabar mais um ano. É assim que os Homens responsáveis tratam os outros homens. É assim que o futuro não deixará saudades do passado, nem o passado cumprirá a história no futuro. É assim que a verdade não atravessa os tempos. É assim que o povo luta desalmadamente para que não se acabe a sua espécie desde que foi comprovada a sua existência. A exploração dos mais fracos, economicamente mais débeis, com pouca qualidade de vida, sempre foi o estandarte assumido nas sociedades ao longo dos tempos, como a derradeira forma de manter o equilíbrio estável das vidas de ostentação, luxo e desperdício de uma minoria, que se diz benemérita quando chega a altura do compromisso com Deus. A morte por vezes trás clarividência, mas outros irão continuar o seu propósito, um circulo vicioso perfeito se não fosse a palavra unidade.

Mais um ano que vai acabar, e outro vai começar, e o meu voto de confiança vai para todos aqueles que conseguiram do lado de cá resistir, lutar, participar activamente na lógica da vida, não como conformistas resignados, mas sim, com uma vontade de mudança, um sentimento realista do seu poder como humanos, e um olhar atento as injustiças e ilegalidades que se vão cometendo em nome do povo e da democracia.

A História dirá de sua justiça quando os nossos corpos sucumbirem, no entanto ficará as nossas acções, as nossas palavras com a consciência plena de que não nascemos em vão, e que merecemos nascer


UM NATAL MUITO FELIZ E QUE O PRÓXIMO ANO SEJA MELHOR QUE ESTE. (o que duvido)



16 de Dezembro de 2010 Jorge Humberto Pereira Neves(""""")


Tuesday, December 14, 2010

Dominick The Italian Christmas Donkey song

Feliz Natal a todos

Quero desejar a todos que acompanham o blog um feliz natal com tudo que desejam, que este seja uma altura para melhorarmos e que certamente nao seja so nesta altura que o fassamos. Que nao nos lembremos que e so no natal que a pobres, desempregados e pessoas que nao tem que comer, pois estas existem sempre e cabe-nos a nos fazer com que estas sejam mais humanamente tratadas na sua dignidade independentmente do estatuto social que tem.

Que o Natal nao seja so e apenas um tempo para sermos bons para com os outros, mas que esta celebracao crista se alarge ao resto do ano, bondade e respeito nao devem ser lembrados so quando o salvador nasce ou quando renasce na pascoa, mas independentemente de quem nos vem salvar ou nao, que nos lembremos que e a nossa humanidade a nosssa grande riqueza, e que a riqueza do dinheiro vem depois!

Um bom Natal para todos, e que saibamos unirnos  socialmente, quando o mundo cada vez mais  e devido as suas crises criadas por quem enriquece corruptamente e irresponsavelmente, que a esses se traga alguma justica que ate essa parece estar em crise, que pelo menos durante o Natal recebamos a prenda de uma justica Justa e nao servidora de intereses de alguns, que podem..verga la.

Que num tempo que todos valorizamos o amor, a compaixao e a dadiva, que aproveitamos para sermos menos hipocritas, e menos falsos connosco mesmo e tambem com os outros. Que o fim do nao nao sirva so como tempo de embriagues, mas que pensemos no passado e no futuro e que aprendamos com ele, poios tanto o que o futuro nos tras, ou o passado nos deu ira sempre passar e nao se repetira, e sera sempre diferente a cada repeticao.

O Natal bem pode ser uma ciracao crista, mas a sua messagem vai alem desta e pertence a todos independentemente de quem sao ou de onde veem, pois que elevemos a messagem e a esssencia desta, por mais que o que a rodeia esta velho e envelhecido devido a corupcao moral dos homens e a incapacidade de se renovar, pobre igreja, logo que salvemos a alma do natal e deixamos o matrial e sofrido corpo da igreja, so a essencia desta nos fara melhor, FELIZ NATAL A TODOS E FELIZ ANO NOVO!!!

Thursday, December 09, 2010

Lixo Natalisio

Natal, epoca do ano conhecido pela sua alegria, o nascimento de jesus, sem nunca esquecer o vuras consumo pois e nesta altura que guardamos a oportunidade para espalhar dinheiro por tudo que e lojas ou areas de comercio, de roupas a media. Mas esta epoca e tambem conhecida para os canadianos como uma altura em que o lixo toma proporcoes quase epicas e nada como tentar prevenir a insanidade do consumo de se tornar algo incontrolavel.

E e por isso que meses antes dos tempos natalicios, veem se anuncios para chamar a atencao dos consumidores para comprares prendas que perdurem no tempo, que sejam de facto uteis e que nao cirvam para aumentar o ja previsivel montanha de inutilidade e porcaria sem sentido nehum. E verdade que comprar e facil, basta escolher, mas temos que nos perguntar qual sera a finalidade daquilo que compramos e se tera de facto valor a longo prazo, e vendo bem as coisas, se o governo do canada posece estes anuncios duranto o ano para prevenir lixo de existir, a economia ia a baixo.

Felizmente ainda nao se esquecem de nos lembrar que muito do que compramos tem uma curta validade, nem que seja de 2 dias, e vendo bem este anuncios fazem me pensar sobre a verdadeira utilidade do consumo no  mundo ocidental, porque ao lado destes aununcios encontram se outros anuncios, que nos querem vender brinquedos, cds, decoracao e tudo mais, isto nao podia ser mais contraditorio nos seus principios e objectivos.

Numa altura de ano em que se comecou a valorizar o consumo por si mesmo, esquecendo se mesmo a que se deve esta altura, e se esquece que a maior prenda e a respeito e a amisade que devemos dar uns aos outros. Quando se passou do espiritual ao material desta forma tao agreciva socialmeente/economicamente, e onde a sociedade e os seus elementos, se veem absorvidos pela nessecidade, e muitos pela obessecao de fazer dinheiro e ter poder devido a ele, mais e mais...acho que uma questao como o lixo que todos nos produzimos nessa altura, parece algo irrelevante se virmos bem, perdemos a nocao sem nos apercebermos..

Eu nao me considero um concervador, mas no entanto valorizo o essencial e sei que ele esta algo esquecido no mundo de hoje, logo nao percebo o que se deu ou o que o capitalismo nos fez, que nos esquecemos de valorizar a nossa humanidade e o que faz ser o que e, e usarmos esta altura para honestamente a darmos a todos que precisam dela, nao so neste periodo, mas durante o ano.

Dar e ajudar nao precisa de epoca do ano, e algo contante...mas acontece que a sociedade e o mundo que temos perdeu se mais e mais em objectivos que nos fazem perder a nos todos a alma que temos. Isto nao e concervadorismo, e humanismo no sentido mais lato, talvez seja isso que teremos que reaprender e ensinar uns aos outros sempre!!

Prendas materais, envelhecem com o tempo, so as que tocam a alma e transformam, perduram independentemente das alegrias ou tristesas da vida.


Wednesday, December 08, 2010

Ateismo no transito

Recentemente uma publicidade ateista fez polemica por terras canadianas, e esta diz o seguinte como podem ver aqui no blog, "Nao ha provalvemente nehum Deus, agora deixa te de te preocupar e aproveita a tua vida" a outra mais directa dizia, "Reivindicacaoes  extraordinarias requerem provas extraordinarias" e em baixo varios nomes aparecem, Jesus, Alah, Zeus, Fisica entre outros nomes.

Esta foi publicada por um grupo canadiano ateista chamado centro de inquerito http://www.cficanada.ca/vancouver e tenho que admitir que esta publicidade levanta varias questoes socais, morais e culturais e num pais tao diverso como o canada, as licoes que se aprendem aqui podem muito bem servir ao mundo em geral.

Estamos habituados a que anuncios nos vendam sonhos e coisas que nos satisfazem momentariamente tanto a nivel social como pessoal, e talvez a razao porque estes anuncios tem interese deve se ao facto de eles nos provocarem e exigirem uma reaccao da nossa parte, eu acho mesmo que qualquer anuncio que tem efeito em nos e um excelente anuncio.

Quantas vezes nas nossas vidas alguem confronta os nossos valores como um anuncio o pode fazer? muito poucos parece me, e se eles nos fazem pensar e dicutir sobre estes, nao seremos nos os maiores beneficiarios? porque se virmos bem, vivemos num tempo de bastante glamour e hipocrisia, mas de nehuma ou muito pouca actual accao em relacao ao mundo e a nos mesmos, ninguem quer ser desafiado, chama se a isso politicamente incorrecto, e essa e o espirito do momento, em que ser confrontado e questionado e algo condenavel, os tempos tem que mudar, parece me!!

Outra coisa que estes anuncios sao capas de criar em quem os ve e a capacidade de levantar questoes morais, sociais e mesmo cientificas daquilo que tomamos como certo, e ha tanto que nos tomamos como certo na nossa sociedade e vida, mas sera que tudo e assim ta certo mesmo? nao sei nao. Levantar questoes e discutilas com os outros talvez seja a melhor forma de melhorarmos como individuos e sociedade, mas a quem ache que as vezes e melhor nao fazer perguntas, quem toma essa atitude muitas vezes e quem manda ou nao quer o seu poder posto em questao, logo, que perguntemos!!

Vivemos numa altura, no ocidente, em que para muitos a questao de Deus nao e uma questao relevante, mas ainda hoje em dia no Canada os evangelicos adoram a Deus de uma forma quase cega, tendo eu ja vsto a forma como eles o fazem e tendo sempre uma atitude protecionista em relacao a sua crenca, acho que esta publicidade certamente fez ondas para estes.

Porque embora muitos achem que ser secularista e nao acreditar no divino como o centro do mundo, pode parecer antiquado e venho na forma de ser e estar, para estes verem o mundo fora dessa perspectiva e em si assustador, mas da mesma forma que um mundo sem deus assusta os seus devotos, um mundo com Deus ou qualquer outra divindade, e para muitos outros uma visao algo fantasiosa e mesmo engandora do mundo real.

No fim de tudo e depois de ser procado por este anuncio, nao eu pessoalmente, mas ha quem tenha sido e sempre que isto acontecer, as questoes que este nos fizer enfrentar serao so e apenas nos, como indivduos unicos que somos, que terao de responder as questoes morais, sociais e culturais que estes nos fazem enfrentar e por mais contradictorio que seja a nosssa reacao pessoal ou accao em relacao a estes, teremos mudado, de algo forma, depois desta ser nos posta a frente.

Questoes mudam nos,bem ou mal, mudamos...e isso e sembre positivo, nao lhe parece?

Friday, December 03, 2010

Arte, com Deficiencias

Hoje celebra se o dia internacional das pessoas com disablidades http://vancouverdisabilitiesday.ca/  e como tal fui convidado a ir a um envento onde varios artistas mostravam a sua arte na RoundHouse http://www.roundhouse.ca/ edificio este situado na parte mais afluente de Vancouver, tambem conhecida como Yaletown http://yaletowninfo.com/.Roundhouse e um local dedicado as artes tendo sempre exposicoes, musica, danca entre outras arte e um local a ser visitado por todso os devotos amadores pelas artes que visitam Vancouver. 
Aqui, na Roundhouse varias artistas com deficiencias deram a conhecer os seus varios trabalhos, de ceramica, a fotografias a pinturas, todas as formas de arte estao presentes.

E por a Roundhouse se localizar em territorio indio deu ma tribo que nao me lembro, para se iniciar a celebracao comecou se com uma bencao do lider da tribo da cerimonia e depois falou o Major ou presidente da camara de vancouver.
Sei que devem se estar a perguntar sobre a bencao india, mas garanto vos que tal pratica e comum nao so nao so em Vancouver, mas por todo o Canada onde indios tinham e tem os seus territorios sagrados, e eles nao se esquecem disto e este facto e para nos lembra que estamos na area deles e que somos bem vindos....chamesmo lhe, diplomacia a este acto, pois fora de portas a indignacao como a forma como os indios sao tratados ainda hoje em dia, nao e tao diplomatica...

Mas voltemos a Arte que e o objectivo porque escrevo, pois bem dos varios artistas expostos gostava de partilhar que havia muita arte de grande qualidade e tecnica que nos faz, pelo menos a mim fez, esquecer as limitacoes dos artistas dois me chamaram a atencao, um  por ser do mais moderno imaginavel na sua tecnica e expressao artistica, Afuwa Granger http://afuwa.blogspot.com/ e uma senhora que viveu no japao e fez retrados deste lindo pais com uma sencibilidade hiper asiatica o que acho sem duvida uma rica e variada coleccao artistica, http://www.etsy.com/shop/colleensart.

Arte e cultura e para todos e todos devem ser estimulados a cria-la e a estar expostos a esta- e educacao e importantes neste aspecto cabendo as escolas e familias faze-lo- independentemente da cor, credo ou limitacoes, porque e parte de todos nos a capacidade de criar e de expressao, logo se uma sociedade nao da liberdade a individous para se expremir e mostrar o que sente e pensa sobre si e o mundo, nao so esse pais se torna mais ignorante e pobre.

 Talvez a maior riqueza de todos nos e o que guardamos nas nossas mentes, emocoes e ideias, logo se as partilhamo com os outros, a partilha podera marcar os outros e nos mover positivamente. Viva a Cultura e Viva a Arte, todos seremos melhor se ela tiver toda a liberdade e critatividade que precisa, por mais limitados que sejam os artistas que as criam.

Rex Murphy: a sabia critica de uma nacao

No canada um dos grandes analistas e jornalistas e na minha opiniao o magnifico Rex Murphy, sendo este um genio na minha opiniao, da analize da sociedade canadiana e por vezes comtemporanea, nas suas hipocrisias, ironias e eventos. Rex e um jornalista como o bom jornalista que me parece ser o mais neutro que alguma vez conheci, claro que todos temos um passado e experiencias, mas o bom jornalista e aquele que e capas de informar, educar e analizar a realidade, passado ou presente de forma clara e capas de nos fazer refecltir.

Meu pai adora este homem devido ao sao dom oral e capacidade de expressao, que para os menos familiarizados com o ingles pode ser algo dificil de entender, mas depois desse muro ultrapssado garanto que pereceber a mente deste homem e em si um acto digno de lovor. Pessoalmente ser capas de transmitir ideias claramente e ser capas de ter uma reaccao com elas e para mim um eterno objectivo, no jornalista que existe em mim, no entanto como tudo na vida, so com exercicio se chega a algum lugar proximo da perfeicao.

Rex escreveu varios livros com cronicas sobre o canada mas sobre o mundo actual e algumas cronicas interesantes sobre aqui o nosso vizinho mal comportado a sul, a america, e e sempre bom conhecer como pensam os canadianos sobre eles mesmos e sobre o que os outros pensam deles e para o saber sugiro Rex Murphy. Ele acho que e a voz mais clara e informada que e capas de mostrar a quem esta curioso sobre o verdadeiro canada, e canadiano Rex mostrara uma realidade mais clara que qualquer media no massimo da sua propaganda e incapas de mostrar, refiro me a realidade sempre ilusoria e por vezes mal retratada, que muitos governos, medias e instiuicoes sempre gostam de moldar para satisfacao propria, mas nessa perspectiva, ate nos individuos, sofremos desse mal.

Realidade precisa se nos dias de hoje, em que os media ou sofrem de pessimismo quase patologico, como muitos portguueses, ou de dinheiro a mais dado por cooperacoes a servico de manipulacao como e tao normal na america, mas novamente, ate em portugal isso acontece e no canada, nao nego. Rex pode nao ter o charme dos charmosos oradores, e sim imagem conta sem duvida, mas a grande arma e poder deste e o poder, se repararem, das palavras e do que elas dizem. Essencia vale sempre mais que aparencia!!

 Por isso e importante vozes como Rex Murphy sao importantes, mas assima de tudo neutralidade, boa analize e informacao que faz um bom orador na minha opiniao, porque se este sofrer de partidarismos e intereses pouco definidos, como ha por ai muitos neste mundo de ganancias, invejas e maquiavelicos intereses fora do conhecimento  geral, nesse caso, agradeco mas nao quero saber de tais analistas  , eles que vao.... virar hamburgars para o macdonals !!




Thursday, December 02, 2010

Televisao com cheiro e sabor!!

No canada ha varios canais televisivos sobre varias tematicas, mas nenhum bate a forma quase religiosa em relacao a tudo que e comida como o FoodNetwork http://www.foodnetwork.ca/. Neste canal a comida e suprema, da sua analise a forma como e cozinhada, de mil e uma formas comida seja ela qual de onde for.

 Em termos comparativos, se em portugal os chefes sao uns cizentoes a fazerem comida que la nos tentam entreter, neste canal dos egos dos grandes chefes aos pratos mais fantasticos feitos em tempo record, tudo e educaocao e entrretinimento gastronomico.

Este e um canada para aqueles que amam comer, e saber o que comem e como o fazer bem. A televisao tem sempre o dever de educar e fazer pensar sobre o mundo e este canal sem duvida faz isso magnificamente em relacao a comida , pois a programas para todos, de bolos a carnes e peixes, nada escapa, sempre com adicao de comidas de outras partes do mundo, sem duvida um festim gastronomico televisivo.