UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Tuesday, June 28, 2011

Intemporalidade do FADO

Fado http://fado.com/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1  e sem duvida uma das nossas grandes riquezas culturais que nos temos, temos tambem a gastronomia, a nossa rica e variada Historia, mas e o Fado que  ao que parece se ira, se nao o e ja, tornar patrimonio Universal da Unesco. Pois e obvio que seria uma enorme honra a nivel mundial e europeu que Portugal e este nosso tipo de musica que nos define tao bem em todas as nossas facetas como povo e individos se viese a ser reconhecido. 

E verdade seja dita, Portugal e os portugueses bem precisam que alguem lhes conforte a alma e nada como se fazer isso atraves do imortal Fado. Nao irei falar da historia do Fado pois parecem haver varias versoes sobre a origens desde, das mais populares as mais estudadas e decomentadas; o certo e que em menos de umas tres geracoes, duas grandes fadistas defeniram e redefeniram o fado, e falo da tao portuguesa Amalia
http://amaliarodrigues.lisbon52.com/ e mais universal/ experiemental, e igualmente lusofona Mariza http://www.mariza.com/ .

Entre estas duas iconograficas mulheres e fadistas, uma a "mae", de certa forma do Fado mais popular, a outra, vindas de terras das ex colonias, abre o Fado ao mundo e estende os seus horizontes, mas voltando sempre as ruas nostalgicas raizes e emocionais do Fado.

Parece me que nos portugueses que e nosso dever dar a conhecer estas mulheres e as suas riquezas que sao os seus fados, isso nao so faria bem a este muito particular de musica, e digamos mesmo unico a nivel global, faria tambem a nos como individos; porque a crise nao e o nosso fado, mas o fado bem pode ser uma porta fora, desta "negra sombra"...

O fado tem desde sempre reflectindo o povo e a alma que temos e isso, claro que muito nos conforta nos da esperanca, faz nos pensar...mas o fado talvez possa nos indicar outros caminhos. Adoraria, nao o nego, que este grande tesouro, que e o fado, fosse parte da Unesco http://www.unesco.org/new/en/unesco/ e do mundo, porque sei que o fado nao so e parte da minha cultura, mas esta em mim, assim como esta em todos os portugueses e ninguem me pode ou nos pode, a nos portugueses, tirar uma musica que nos torna tao unicos!!
  

0 Comments:

Post a Comment

<< Home