UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Thursday, March 09, 2006

O Emigrante vai... e a Tradicao fica


Este parece ser o destino do emigrante...mudar de pais, de lingua e ate mesmo de cultura, mas no entanto permanecer agarrado as tradicoes dos seus antepassados. No entanto, isto levanta varias questoes, por examplo, se a pessoa saiu do seu pais porque trazer o seu pais consigo? para isso podia ter ficado la..nao?




No Canada nao e dificil encontrar portugueses que, das velhas geracoes, vivem presos ao passado...muitos tendo fugido do Salazar e da pobreza, para viram aterrar num pais avancado e com uma lingua que so alguns conseguem dominar.Mas acontece que Salazar, como simbolo da moral e do nacionalismo pelo nacionalismo, parece perseguir os emigrantes portugueses e nao importa onde eles vivam, sera esse o nosso destino como emigrantes? talvez ate seja.

Mas nem todos os emigrantes vivem presos a religiao ou a tradiccao, como forma de nostalgia ou como persistncia do passado no presente. Outros ha, que continuam a lembrar Portugal atraves de refleccoes sobre o nosso pais, ou atraves da poesia, litaratura, musica, danca, e ate mesmo do Fado, pois sabem que a nacionalidade de um pais nao vive nos seus santos ou igrejas, mas sim na sua Cultura, na sua generalidade.
Mas nisto de tradiccao ou da sua ausencia, ha sempre um problema que e desconhecido daqueles que nao emigram..este e que os se centram na igraja como unidade, moral e comunitaria, muitas vezes estao fechados a outros que tem uma visao um pouco mais independe do conceito de nostalgia e de abordagem da cultura portuguesa, prova disto e o facto de haveram em Vancouver does jornais publicados por portugeses de diferentes geracoes.

"O Voz Lusitana" e um jornal publicado pela antiga geracao e tem o apio da igreja, e nasceu como reaccao ao "Lustania". O "Lusitania" por sua vez e criado por uma nova geracao que procura outra forma de ver Portugal e a sua cultura, e esta imagem e postura jovem faz com este jornal pertenca a um grupo entre os quais o "Arco Iris" (organizacao gay).

Claro que estas duas visoes de Portugal sao irreconciliaveis, mas e preciso que se reflicta sobre este facto nao so no extrangerio mas tambem em Portugal. E fica a pergunta, quando ira a tradiccao se adaptar ao novo mundo? porque o mundo nao para, e a tradicao ja a muito ficou para tras......

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home