UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Sunday, October 03, 2010

pequeno Portugal

       Ir a portugal onde agora estou e sempre uma experiencia com tanto de curioso como de surpriendente e agora isso nao e menos verdade. Embora Portugal seja um pais de pequenos actos e de ligeiro progreco la se vai evoluindo, por exemplo por o alentejo ja se vai aproveitando a energia do sol que aqui e rei e senhor, ha estradas com menos buracos pelo menos as estradas com que me cruzei. Mas boas noticias na altura em que visito portugal estao em falta, as medidas de austeridade nao sao so portuguesas mas aqui as coisas doem. A dor e a magua e tao comum que acho que as pessoas ja estao incenciveis a ela e porver isso que ir a portual custa me tanto, portugal podia ser mito melhor, no entanto, crises atras de crises fazem isso impossivel.

Outro factor que nao me alegrou na minha ida a portugal foi o facto de nao ter podido estar com todos os amigos pois estive sempre divido entre a vila e santiago do cacem onde tenho casa, eu nao sei se chamo isto ferias porque ferias para mim e descancar e aproveitar o tempo, mas houve pouco tempo e muito que se devia ter feito..bem acho que tem que ficar para a proxima.

Os portugueses ainda guiam irresposavelmente, as coisas ainda custam a ser eficientes e eficases, fotebol e mexericos ainda sao a forca que move os portugueses....resumidamente, portugal continua portugal..mas e a vida dificil, a instabilidade e corrupcao governamental e a total falta de interese dos portgueses que continuam a fazer portugal menos portugal a cada dia que passa.

Custou me ir a portugal, nao nego que adorei ver a familia e falar brevemente com um ou 2 amigos, mas as historias de vida de amigos e familia com que me cruzei fizeram me doer a alma, historias de vida que o tempo destroi, vidas feitas de escolhas erradas e consequencias devastadoras, e ate vi alguem que espera pela morte e esta deitada em dores que alziemer e incapas de dar voz de socorro....silencio, esquecimento, dor sem voz e sem expressao.

Agora que penso no que vi talvez essa pessoa amigo da familia fosse o perfeito exemplo daquilo que portugal por hoje passa..todos sabemos que ha um futuro e o que ele tem a nossa espera, mas o presente e cheio de dor e nem o optimismo da sinais de vida, so de morte a cada dia, assim parece estar portugal e a alma portuguesa e e por isso que estas ferias ao meu pais natal por mais que tenha visto que ha frusto que vao desabrochar no futuro a espera de se dar, com primas gravidas, primos casados, amigos em busca de melhores dias, mesmo nesses pequenos raios de luz, as trevas parecem me ser sempre mais fortes, mas ate quando?? ate quando serao as trevas poderosas??

0 Comments:

Post a Comment

<< Home