UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Monday, November 22, 2010

Portugal na Cinemateca

Durante o mes de Dezembro o cimema portgues estara em destaque na cinamateca http://www.cinematheque.bc.ca/   de Vancouver, nao e a primeira vez que isto acontece e e sempre um prazer ver que alguem da valor e reconhece o que se cria do pouco que seja e sempre a muito custo e com poucas verbas, em Portugal. E raro achar Portugal em qualquer outra area social e cultural em Vancouver como o nosso cinama portugues, tudo o resto e feito para portgueses e e entre eles e com os seus descendentes que se realiza, sejam bailes, procicoes entre outros eventos que nos reunem em Portugal e fora dele.

Na cinemateca estarao em descaque os filmes de Miguel Gomes com filmes como "A cara que mereces" e "Aquele querido mes de Agosto" filme esta que mostra a nossa portgualidade nas nossas falhas e qualidades, e sem duvida um filme a ver. No Festival da Uniao Europeia  ou EUFF estara presente "Como desenhar um circulo perfeito" de Marco Martins produzido em 2009. Estara tambem em exebicao o filme de Eugene Green "A freira portguesa" ou "the portuguese nun" um filme que pela estectica e os dialogos lembra muito o grande director Manuel de Oliveira, tendo esta ja antes ter mostrado filmes nesta cinemateca.

Outros filmes de interese, mas nao portugueses sao, "Landscape n 2", "Exchange", "Reverse" e "You the Living", tendo muitos destes sido premiados e estado em varios festivais internacionais.

O que me alegra no facto de o nosso cinema ser dado a conhecer em Vancouver deve se ao facto de saber que ele nao e muito valorisado no nosso pais, muito por culpa nossa como sociedade e dos nosso politicos por falta de determinacao de o dar a conhecer de forma interesante ao povo em vez das elites, ou seja em portugal as elites criam a cultura e sao eles que as desfrutam na maioria das vezes, o que me parece bastante incorrecto.

Portugal e os portugueses sao fechados mesmo fora de portugal, isso nao e que nao gostemos das outras culturas pois a marioria de nos somos simpaticos para elas, e mais por habito o facto de nao partilharmos o que temos, e acho que se nao partilhamos estaremos a perder uma grande oportunidade de mostrar a nossa riqueza, seja ela cultural e social, como povo que somos.



1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

recomendo-lhe " aquele mês de agosto" , apesar de ser do Sul, eventualmente, encontrará algumas referências com que se vai identificar....muito bem

November 25, 2010 5:29 AM  

Post a Comment

<< Home