UM PORTUGUES EM VANCOUVER

Chamo me Tiago Ribeiro, e desde a 9 anos que imigrei para o Canada, mais precisamente, para uma das mais belas cidades do mundo de seu nome VANCOUVER.Aqui irei mostrar e reflectir, sobre esta bela cidade, Cultura e Culturas, a experiencia da imigracao, reflexoes pessoais e sobre Portugal e Canada, entre outros temas e questoes desta VIDA de Imigrante e do MUNDO que me rodeia.. ....VIVE SE ESCREVENDO E ESCREVE SE PARA VIVER...

Thursday, March 24, 2011

Mais uma crise (Portugal)

Escrever sobre Portugal e sempre com custo que o faco, porque nao ha forma de pensar sobre o meu proprio pais, sem ser com alguma magua e tristesa, mas como nao podia escrever dessa forma??, basta ligar a televisao e ver as noticias portuguesas para ser "agredido" com os eventos cada vez mais tristes em Portugal.

E sem duvida dificil nao desesperar com as noticias de Portugal e eu presensio as a distancia no conforto de um pais desenvolvido, imagino quem vive essa mesma realidade, deve muito mas mesmo, muito terrivel. Doi pensar como vivem os portugueses hoje em dia, a falta de esperanca, sem esquecer a enorme falta de dinheiro, a falta de servicos que de facto servem em vez das inutiulidades a que ja nos habituamos, os intereses politicos e economicos, como se pode viver num pais assim? Mais, como pode o meu pais ter se tornado neste pesadelo e amargura, por isso evito escrever sobre Portugal, nunca e facil faze-lo.

Mais recentemente mais uma crise, politica, a irresponsabilidade chegou ao sei apogeu e por causa do teatro e do jogo politico o ze povinho continua a pagar com tanta incompetencia e desrespeito, e eui pergunto ate quando? porque sera que as licoes do Ejipto ou da Grecia nao movem os portugueses a lutarem literalmente pelos seus proprios intereses?? mas a resposta para isso e facil de ser encontrada, basta olhar o 25 de Abril, quem a fez e iniciou, os militares nao o povo, se fosse o povo a ditadura teria sido ainda mais longa possivelemente.

O povo portugues esta anestesiado no seu comodismo e com tantos sacrificios que lhes pedem, esta durido de dor e de magua e quando ira agir?? ...talvez quando nao hover mais esperanca e nao hover mais nada, ai talvez o povo se levante porque ate la, as bichas do desemprego aumentam, os impostos aumentam, os agua, luz e tudo que hover para aumentar aumenta, so os salarios e o sofrimento e o mesmo de sempre.

Razoes nao me faltam para evitar falar de Portugal, e o meu pais, orgulho me da sua historia, culinaria, da simplicidade e quase rusticidade, das suas gentes, do nosso mar que tanto gosto...gosto do que e ser e sinal do que e Portugal, nao sou um cego nacionalista, verdade seja dita, mas nem por isso nao deixo de reconhecer o que ha de unico em Portugal e nos portugueses, so que me custa e ver o meu pais desintegrar se a pouco e pouco e nao saber onde isto ira dar. Portugal e um pais com muito passado, muitisismo ate, pouco presente, que custa muito a todos..e sem uma sombra de futuro...

No entanto tambem sei que ha casos de algum sucessso a alguns niveis, nao o nego, mas devido a falta de flexibilidade e abertura dos sistemas instalados em Portugal, estes sinais de sucesso, sao oaisis num deserto de falta de oportunidades e criatividade, ou mesmo iniciativa, que e pouco estimulada. Ha sinais de esperanca, de algum sucesso..mas nao sao os suficientes e generalizados de forma a levantar aquilo que ha muito andas de joelhos, como anda a auto estima e coragem dos portugueses.

Depois de escrever este artigo sobre Portugal, sei que nada mudou, o meu pais continua o mesmo, eu sou mais uma voz que se queixa do mal que todos os portugueses conhecem, logo que posso eu fazer? so partilhar a minha magua e por consequencia, tento nao falar do meu pais...Talvez eu como todos os meus conterraneos, espera que as coisas melhorem, de alguma forma, mas eu ao contrario de tantos outros, estou distante, logo, e aqueles que vivem em Portugal que cabe e deve fazer alguma coisa, antes que um dia o meu pais seja apenas uma memoria longuinqua......

0 Comments:

Post a Comment

<< Home